• Admin

Contrato dos Fornecedores x Covid 19

Você está seguro das suas garantias contratuais?


Organizar evento é sempre prazeroso, mas nem todos clientes gostam de analisar contratos. Não é algo tão simples de se realizar. Para alguns casais, preparar um casamento é tudo muito novo, são muitos fornecedores, e muitos detalhes para fazerem acordos.

Sempre que recebemos um contrato para analisar os alinhamentos entre noivos e profissionais, nos deparamos com a ansiedade e despreocupação de alguns casais na hora de firmar a contratação.

Totalmente emocionados com as ofertas dos fornecedores e principalmente com a possibilidade de realizar o evento com o profissional que tanto desejavam, os noivos esquecem que precisam estar protegidos de quaisquer contratempos. Essa preocupação precisa ser ainda maior quando os planejamentos ultrapassam o período de um ano de antecedência da data do evento. Muitas coisas podem acontecer dentro desse longo período de preparativos.

Geralmente a organização para o grande dia são de 12 a 18 meses de antecedência. Raramente os noivos organizam um evento em menos de 6 meses. E, aqueles que iniciaram as contratações no ano passado, nunca poderiam imaginar que o ano de 2020 teriam que lidar com uma Pandemia.


Ao analisar um contrato, você pode achar um pouco cansativo e repetitivo.

Lembre-se dos direitos e obrigações, e principalmente em não aceitar contratos abusivos e unilaterais, visando o benefício somente do contratado.

Hoje, nesse período de isolamento social, e diante da necessidade de alterar a data do evento, os noivos conseguem ver o quanto foi importante dedicar um pouco mais de tempo na hora de fechar um contrato.

No Brasil e no mundo, muitos casais foram obrigados a trocar a data do casamento. E outros não conseguiram manter os mesmos profissionais que haviam contratado. E o mais triste disso tudo, é receber depoimentos de casais que foram prejudicados com taxas e juros que não contavam no início dos preparativos.


Além dos últimos fatos como a Pandemia e a greve dos caminhoneiros que ocorreu no ano de 2018, a área de eventos tem crescido muito nesses últimos anos, despertando o interesse de muitas empresas, mas, ao mesmo tempo, gerando margem para o surgimento de falsos profissionais e amadores.



Pensando nisso vou citar algumas observações que você não pode esquecer na hora de analisar novos contratos.

Você precisa analisar todos contratos com muita calma.

Não hesite em questionar e solicitar alteração.




Veja como firmar contrato de locação e prestação de serviço


1. Não decida e não contrate por impulso ou emoção. Lembre-se que o grande dia do seu evento será único. Sem oportunidade para replay ou voltar no tempo. Observe todos os acordo e vantagens que o profissional está oferecendo. Compare com no mínimo mais 3 fornecedores da mesma área.


2. Pesquise a reputação do prestador de serviço ou locatário. Atente-se aos comentários de outros clientes. Mas tenha muito cuidado ao analisar os dos “haters”, tente observar os comentários dos dois lados (cliente e fornecedor).


3. Detalhamento e descrição dos serviços oferecidos. Tudo o que você contratou precisa estar no contrato. Aponte o que seria obrigação do fornecedor e liste exatamente os itens que está pagando.


4. Evite cobranças adicionais e fora da tabela. Principalmente quando for firmar contrato com buffet e decoração. Esse é um item que nenhum cliente se atenta. Itens de decoração, taças e copos do buffet, acessórios e kits podem quebrar ou sumir durante o evento. Você já imaginou o quanto isso pode gerar um gasto adicional após o evento?


5. Quantidade de pessoas que vão trabalhar durante o evento. Muitas festas são prejudicadas devido a quantidade inferior de funcionários durante a festa. Principalmente na equipe de buffet e de recepção dos convidados. Deixar de colocar essa observação desobriga o profissional de cumprir com esse alinhamento


6. Prazo- Exija o dia e o horário da entrega dos produtos ou serviços. E não esqueça de conferir o período de prestação de serviço dos fornecedores que estarão na cerimônia e recepção. Não esquecendo também do tempo de montagem desmontagem da festa.


7. Pagamento: prazo parcelas, data e forma de pagamento. Formalize todos os pagamentos por e-mail e guarde todos os recibos.


8. Atenção dobrada para cláusula que abordar as multas geradas e evite surpresas. A situação pode acontecer, então é melhor que esteja documentada com as consequências do dano.

9. Todos os contratos devem ter uma cláusula sobre o cancelamento e opção de troca de data. Nessa cláusula precisa conter a porcentagem da multas, consequências e uma possível devolução de valores pagos.


1o. E por último, e não menos importante, conter todos os dados da empresa e do cliente, documentos, endereço, contato e testemunhas.



Algumas dicas básicas:

  • Tudo o que foi acertado verbalmente deverá ser especificado em contrato.

  • Nunca assine contrato sem ler.

  • Guarde também todo o material de divulgação que a empresa.






Faça seu login para deixar seu comentário ou sugerir algum tema para ser abordado.